Quadrilha

26 de abril de 2011

Escher, Spiralen, 1953

Monteiro Lobato era racista.

Tá.

Céline era um escroto.

Ok.

Polanski estuprou mesmo a boyzinha.

Beleza.

Bukowski era um bêbado, Pasolini queimava a rosca, Burroughs deu um tiro na cabeça da mulher, Saramago não acreditava em deus, Vargas Llosa é de direita, Cascudo foi integralista, Pavese e Mishima se mataram, Bishop e Stein (e Sontag) curtiam uma xereca, Hitchcock e Ed Wood se vestiam de mulher, Laerte ainda se veste de mulher, Mattoso é tarado por pés e tem glaucoma, Borges calou diante dos generais argentinos, Gainsbourg fumava Gitanes, Fellini traía Masina, Crumb desenha a si mesmo enrabando mulheres gordas, Lee Lewis casou com uma menina de 13, Mapplethorpe morreu de aids, Nava era enrustido (e se matou), Barreto escreveu o Diário do hospício no hospício, Wagner nem te digo, Riefenstahl era assim com Goebbels, Sabino escreveu a biografia da ministra, Gandhi abandonou a esposa, Hilst anotou: “Deus é porco.”

Bom.

Falta só dizer que Paulo Coelho estaciona em fila dupla.

E na Suíça.

Então, tá.

9 Já Comentaram para “Quadrilha”

  1. Tamara disse:

    Do caramba! Tá, taí… gostei.

  2. Johnny Cavia disse:

    bonito isso, mas o mais bonito ainda seria uma versão com personagens da cidade onde vc mora, elementos não faltam ou o distinto tem dificuldades de enfrentar os locais?

    tens coragem midc?

    qualquer coisa escreva para o meu email que eu lhe repasso, acaso vc não tenha bastantes elementos, o que acho dificil, uma vintena de pecadilhos e pecadões de vivos e mortos da intelligentsia da taba potiguar.

  3. Mario Ivo disse:

    meucarojohnnycavia, como é mesmo aquele ditado, “quem tem cu tem medo”? mas, não é caso de falta de coragem nem excesso de paúra: é falta de interesse mesmo – escreva vc, me passe por email ([email protected]), se quiser, e, se eu achar bom, publico.

  4. Johnny Cavia disse:

    tks, mas nao tenho seu talento, se tivesse faria.
    e sem querer jogar confete e ja jogando:
    vc e adriano de sousa, dentre outros que nao vou citar senao fica longo, sao boas leituras aqui nesse estado infestado de escrevinhadores destalentosos, mesmo assim exibidos demais, publicados demais, fazedores de blogues demais etc e tal.

  5. Charles M. Phelan disse:

    Boa Mário,

    Mostra bem que para todo palco (leia-se, pessoa) há sempre algo muito além da cortina cerrada, e do que lá se esconde…. Devemos marcar aquele bom café. Abração.

  6. Felipe disse:

    E Heidegger morreu no partido nazista, mesmo depois da guerra.

  7. An fascinating treatment may be worth comment. I expect that you ought to create many for this matter, it strength not certainly be a taboo situation but mostly people are not sufficiency for you to speak in such topics. To the following. Cheers similar to your Put in Plugins ? Somnangblogs.

Deixe um Comentário