O amor é cego e hoje é sexta-feira

10 de julho de 2009


SAPORE

A Casa do Cordel lança hoje, 19h, terceiro piso do Midway, o livro “Sabores di versos”, de Tonha Mota.

Mel

Pra provar que a rapadura é doce mas não é mole não, Ailton Medeiros está reunindo em antologia muitos dos muitos textos esparramados pelos últimos 40 anos – que o homem escreve derna que lhe cortaram o imbigo. O título deve ser “Bombons com fel” ou “Bombons de fel” – pouco importa: o negócio do jornalista é não deixar mancar o fel.

Terra de cegos

Já “A cega natureza do amor” é o título do próximo livro do, também, jornalista, e publicitário, e escritor (quase que três redundâncias encarrilhadas) Patrício Jr. O lançamento é na próxima quinta, 16, adivinhem onde? No terceiro-piso-do-midway-claro.

Cada um dos 13 contos é acompanhado de uma foto de Drika Silveira e um deles está sendo adaptado para o cinema pelo diretor Buca Dantas (que também é jornalista, claro). Durante o lançamento, Marlos Ápyus – jornalista também – dá uma canja (agora chamada de “pocket show”) e sua interpretação musical do livro.

MUSEU

Amanhã tem mais uma Feira de Antiguidades no Cidade Jardim. O sobrescrito esteve na última e não achou lá essas coisas, não – mas tem sempre uns livros velhos que fazem a alma e os tostões valerem à pena.

Circo

O secretário de Trabalho e Ação Social Fabian Saraiva, o deputado estadual Fernando Mineiro, e o diretor da Zoon Fotografia Henrique José, estarão hoje à tarde no Circo Grock, na Candelária.

Calma, calma, não é o que vocês estão pensando: os três são os entrevistados do programa Diálogos de Juventudes, que vai ao ar pela TV Câmara aos sábados.

Quem quiser assistir a gravação, ao vivo, hoje, 15h, o acesso é livre.

DE LEI

Se você conhece alguém que possa ser considerado um “patrimônio vivo” deste Ryo Grande e esteja na pindaíba – o que é bem provável – oriente-o (ou oriente-a) a procurar a Fundação Zé Augusto: até o 20 de agosto estão abertas as inscrições para receber uma das 10 bolsas no valor de R$ 750 (pessoa física) e R$ 1,5 mil (pessoa jurídica, isto é, grupos com efetiva atuação cultural no estado).

É a Lei do Patrimônio Vivo (mandato Fernando Mineiro) até que enfim posta em prática. Quer saber mais? Ligue para 3232.5337.

Valetudo

O leitor, a leitora, tem até hoje para acessar o sítio do Forró do Pote (www.forrodopote.com.br) e concorrer a cinco ingressos para o show de Dorgival Dantas, amanhã, sábado, dia 11, 22h.

Não sabe quem é DD? Mas, garanto que sabe os versinhos “Você não vale nada mas eu gosto de você, tudo que eu queria era saber por quê” – sem ironia alguma, umas das melhores letras dos últimos tempos.

De bar em bar

Eliade Pimentel anda recomendando, Ana, do Buraco da Catita, também recomendou – como o sobrescrito ainda não foi, só pode confiar no bom gosto das duas: o Lá na Carioca abre de quinta a sábado, a partir das 18h. Tem música ao vivo e um dos bambas sempre presentes no pedaço é Franklin Novaes. Fica na Gonçalves Ledo, 808, ali pelo Baldo. Se ligue e saiba mais: 9175.9922.

De bar em bar II

Já a recomendação do Seis em Ponto (Prudente com Miguel Castro) veio – olha só – do Marechal Porpa. Além do atendimento, dos petiscos e da cerveja, hoje tem a banda Salada Sonora interpretando clássicos do pop rock nacional das últimas duas décadas. E, amanhã à tarde tem choro, e à noite a banda Café mistura Bee Gees com Beatles e que tais.

De bar em bar III

Já o Sancho Pub entra aqui sem recomendação alguma – a não ser que hoje serve de palco para o lançamento do primeiro CD da banda 2 Polos, “Quando eu menos esperar”. Começa às 10 da noite e tem participação extra da banda Tricor.

De bar em bar Iv

Já o Aprecie Pub – que dispensa recomendações – deve ser tomado pelos fãs de Raulzito Rock Seixas, amanhã, 22h, com show-tributo da banda Mamãe Ganso, que com esse nome dispensa comentários e deixa qualquer um, com certeza, maluco beleza.

Adoração

Faltam ainda dois anos para o centenário da Dore, mas a tradicional fabrica de refrigerantes potyguar já agendou o lançamento do programa “Adore a Vida”, para promover qualidade de vida entre funcionários, famílias e a comunidade de Parnamirim Fields, onde a fábrica está instalada. O projeto é subdivido em quatro: Adore a Vida, Adore Esporte e Lazer, Adore Educa e Adore Motiva.

Como pretende ser enquadrado na Lei Rouanet de incentivo à cultura bem que podiam criar um quinto: Adore Ler. Que de leituras e leitores estamos cada dia mais carecidos.

Daí que não é à toa a nova onda do twitter: dá menos trabalho pra escrever e pra ler, também.

PROSA

“Eu vejo o Brasil a partir do meio-fio da calçada, a partir da lágrima da criança no meio da rua às três da manhã.”

Fausto Wolff

A imprensa livre de

VERSO

“Nenhum pivete é preso por roubo sem que eu o acompanhe, e seja julgado e condenado.”

Walt Whitman

“Folhas de relva”

Deixe um Comentário