Começar de novo

5 de abril de 2010

Essa mania de as semanas começarem às segundas-feiras ainda vai dar em merda. Essa mania de o domingo preceder à segunda-feira mui provavelmente já deu. Em merda.

Vão me desculpando – os olhinhos mais sensíveis – o termo sujo, apogeu, glória e queda do processo digestivo.

Não é de – não vou mais repetir o nome feio, bato na boca, aliás, vou lavá-la com sabão –, absolutamente, que eu quero falar.

Mas da dificuldade de algumas semanas começarem bem às segundas-feiras, como se nada fosse, como se um dia antes não tivesse acontecido um domingo e, antes do domingo, um sábado.

E antes de tudo, tudo que veio antes.

Segunda-feira é dia de acertar de novo os ponteiros do relógio e as contas atrasadas com o tempo. Pro fim do mês ficam os códigos de barra de água, luz, telefone, condomínio, colégio dos meninos, pipipi-pápápá. Pro fim de semana fica o carnê da felicidade, que só na segunda a gente lembra de pagar.

Atrasado. E, o pior, sem moeda válida nos bolsos ou na mão.

Lisos.

No comecinho da semana.

Lisos, lesos e loucos, como se dizia uma época.

Os otimistas – o mundo é deles, o cetro e o trono são deles, o bigbrother e o programa da Ana Maria Braga são deles – hão-de esbravejar: vêem, os bons, as segundas-feiras como um imenso e largo horizonte, azul anil, sem nuvens, sol radiante, lufadas de vento fresco e intenso.

Quem disse que não? Basta olhar pela janela: se não anil, o azul ainda que pálido tem lá sua intensidade renovada e marcada por uma legião de nuvenzinhas de algodão, flanando feito carneirinhos. O vento sopra, os carros deslizam pelas ruas, os pedestres parecem flutuar. Todo o cenário é de uma manhã gloriosa com produção bem cuidada de comercial de margarina. Dá até vontades de sair cantando oh happy day.

Mas é segunda-feira e oh, foda-se.

4 Já Comentaram para “Começar de novo”

  1. Essa foi boa, Marioivo! E parece que encontramos no mesmo local a ilustração dos nossos posts dessa segunda-feira. What a amazing coincidence!

  2. Carito disse:

    quando funziona senza vapore, quando criança de domingo, segunda é um dia lindo!

  3. Larissa Gabrielle Araújo disse:

    “fiz a curva do meio dia de sábado/ só para não ver chegar a segunda-feira…”

  4. gracita disse:

    naõ sei como consigo sobreviver ao domingo!segunda à noite ,já é magnífico( a meia luz do apto,lulu no computador,rosa resmungando na cozinha ,amigos que moram perto,um café com leite,paõ com manteiga…)bj pra vc!

Deixe um Comentário